5 dicas para iniciar a carreira em TI

 

6 passos para alavancar sua carreira em 2016


O mercado de trabalho está cada vez mais concorrido e a retração da economia no último ano aumentou a concorrência, por isso, se diferenciar é cada vez mais essencial para profissionais. Um dos caminhos para se tornar único e se destacar diante de tanta concorrência, é construir uma “marca pessoal”, a chamada “personal branding”.

“A estratégia de criação de uma marca pessoal passa pelo pleno entendimento das suas grandes competências, dos talentos, dons e das características singulares que o diferenciam da multidão. Assim, será mais fácil viabilizar a venda, com sucesso, do seu melhor produto: você mesmo”, explica o especialista em vendas José Ricardo Noronha.

Noronha lista 6 passos para o processo que o ajudará a alavancar sua carreira em 2016. Confira.

 

1) Identifique os seus pontos fortes e trabalhe com inteligência para maximizá-los.

É um grande desperdício de tempo focar em seus pontos fracos, pois eles nunca se transformarão nos diferenciais competitivos que o tornarão único no mercado. Claro que os pontos fracos devem ser trabalhados e enxergados como pontos a melhorar, no entanto, é preciso focar no que você é melhor.

Caso você ainda não tenha identificado seus pontos fortes, peça feedback aos seus colegas, líderes e familiares sobre as competências únicas que eles enxergam em você.

 

2) Conecte os talentos e dons à sua “marca pessoal”

Suas principais características precisam estar expostas nas principais redes sociais e nos mais importantes serviços de busca para que todos o conheçam.

Faça uma pesquisa aprofundada na Internet para ver se as mensagens e atributos conectados à sua imagem estão de acordo com os seus objetivos de construção da sua marca, que deve ser absolutamente única e memorável.

 

3) Tenha consistência

As mensagens transmitidas por você precisam ser consistentes e aderentes às suas crenças, princípios e valores. Hoje uma pessoa não precisa conhecer pessoas e se apresentar para mostrar o que pensa, sua leitura de mundo. A internet modificou este cenário e redes sociais utilizadas por você lhe apresentam você querendo ou não.

 

4) Tenha autenticidade

Seja sempre você mesmo. Não crie uma imagem que não retrate exatamente quem você é. O interessante é entender que o mercado tem espaço para todos os tipos de perfis profissionais, não adianta montar um perfil que não condiz com a pessoa que você realmente é, por isso este trabalho de marca pessoal deve ser personalizado e moldado totalmente às características pessoais de cada um.

 

5) Use o poder de influência

Saiba influenciar de forma positiva a vida das pessoas que conhece e use o seu networking com inteligência. Mas cuidado: seja sempre interessante, sem ser interesseiro.

 

6) Exponha-se!

Torne a sua marca conhecida ao participar de forma ativa de eventos, congressos, blogs… Isso dará mais força a você e pode abrir portas inimagináveis.

 

O processo de criação e fomento da sua marca pessoal tem um objetivo ainda maior: cuidar do seu principal ativo, que se chama credibilidade. 
Portanto, não perca mais tempo.
Comece hoje mesmo a investir na principal e mais importante marca do mundo: você mesmo!